O que é uma hérnia?

A hérnia é um defeito ou um orifício nos músculos do abdome que permite que o intestino ou uma porção de gordura desloque através dele. Ainda que hérnias possam ocorrer em muitos lugares no corpo humano, elas são mais comuns na parede abdominal.

Quem está predisposto a desenvolver hérnia inguinal?

Os homens são muito mais suscetíveis do que as mulheres. Cerca de 25% dos homens e cerca de 2% das mulheres irão desenvolver uma hérnia inguinal ao longo de suas vidas. Alguns pacientes podem desenvolver hérnias em ambos os lados.

Pessoas de qualquer idade podem desenvolver hérnias na virilha. Pessoas com histórico de hérnias inguinais na família são mais suscetíveis, assim como tabagistas, constipados crônicos, com doenças da próstata, do pulmão, coração ou fígado possuem um risco também aumentado de desenvolver hérnia inguinal.

Quais são os sintomas de uma hérnia inguinal?

O primeiro sinal pode ser uma sensação de queimação na região ou o surgimento de um abaulamento em um dos lados (ou em ambos). Esse abaulamento pode aumentar de tamanho ao longo do dia e frequentemente desaparece quando estamos deitados.

Dor ou desconforto na região inguinal ou testículo, especialmente quando realizamos um esforço para subir, tossir, nos exercitamos ou espirrar. Sensação de fraqueza, peso, coceira ou queimação na região inguinal.

A hérnia tende a aumentar de tamanho com o passar do tempo. Após alguns meses ou anos, a hérnia pode ficar muito grande e em algumas pessoas pode descer até a bolsa escrotal.

 
A hérnia Inguinal pode complicar?

A complicação mais temida da hérnia é o estrangulamento, que ocorre quando o intestino fica preso dentro da hérnia. Se não for tratado com urgência sofre gangrena (necrose do intestino). Esta complicação pode ocorrer tanto em pessoas com hérnia pequena como nas com hérnia grande. Esta situação necessita de operação de emergência. O estrangulamento pode ocorrer em pessoas que tem hérnia há poucos dias ou mesmo anos.

  
Como uma hérnia inguinal é diagnosticada?

O exame da região inguinal pelo cirurgião geralmente é suficiente para estabelecer o diagnóstico de hérnia em quase todos pacientes. Quando o cirurgião identifica hérnia no exame do paciente, não há necessidade de fazer exames complementares para confirmar o diagnóstico de hérnia inguinal.

Como as hérnias inguinais são tratadas?

A única forma de tratamento de uma hérnia é através de cirurgia. O uso de cintas, suspensórios ou fundas é desaconselhável, podendo mesmo ser prejudicial pela compressão inadequada da porção intestinal que estiver no interior do saco herniário.

Existem duas maneiras de realizar o tratamento cirúrgico da hérnia inguinal: aberta ou tradicional e videocirurgia ou laparoscópica. Em ambos os casos é necessária à colocação de tela para reforço da área fragilizada.

Todos pacientes com hérnia inguinal precisam operar?

Todas as pessoas com hérnia inguinal, independente da idade, devem ser operadas, com exceção dos que têm outras doenças graves e que apresentam risco cirúrgico elevado.

O tratamento cirúrgico de uma hérnia inguinal é rápido, seguro e complicações são incomuns.

Como as hérnias inguinais podem ser prevenidas?

Infelizmente não há nenhum método de evitar a formação de uma hérnia. A melhor maneira de prevenir a formação de um defeito da parede abdominal é manter-se saudável. Algumas sugestões:

  • Alimente-se bem. Comer direito vai ajudá-lo a evitar a constipação evitando o esforço durante a evacuação. Ele também irá ajudar a manter a musculatura saudável;
  • Manter o peso adequado. Se você estiver acima do peso, emagrecer aliviará a pressão sobre os músculos abdominais;
  • Evite elevar pesos demasiados a você;
  • Realize exercícios regulares para fortalecer e tonificar os músculos do abdome;
  • Não fume. Tosse crônica aumenta a possibilidade de formação de hérnia.

Contato

Preencha o formulário ou ligue e marque sua consulta agora mesmo.

Telefone

51 3230-2750

E-mail

contato@drfernandofigueiredo.com.br

Endereço

Centro Clínico Mãe de Deus
Rua Costa, 30 - Sala 505
Menino Deus - Porto Alegre - RS
CEP: 90110-270